Arquivo do mês: janeiro 2015

Distante

O que pareceu tão próximo, tão íntimo Parece-me tão tímido ou mesmo estranho Suporto calado por temer o que gostaria de ter dito Nem sei realmente se tudo que calei Foi o que desejei. Tão quanto amei e desejei um … Continuar lendo

Avalie isto:

Nota | Publicado em por | Deixe um comentário

Império das trevas

Para além das safadezas, vadiagens, pura pornografia das entrincheiradas ruas e das más cheirosas flores sifilícas; não dá para deixar de refletir os últimos acontecimentos macabros na Xanadu. É total insanidade, o local como este, fingir que existe normalidade e … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário